Novo

22/07/2011

Quem foi a mulher com quem Caim casou-se?


Pergunta: Já faz algum tempo que uma dúvida vem me deixando confuso: Quem foi a mulher que casou com Caim, já que só existiam Adão, Eva e Caim? (Abel já tinha sido morto).
Caro leitor, essa pergunta costuma deixar muitas pessoas em dúvida. Alguns afirmam que esta questão prova que a Bíblia contém erros. No entanto, como demonstrarei a seguir, a Bíblia nos indica uma resposta bastante satisfatória a essa pergunta. Vejamos:
A primeira consideração a se fazer é a respeito de um versículo que nos mostra que Adão e Eva não tiveram apenas filhos homens, mas também filhas. “Depois que gerou a Sete, viveu Adão oitocentos anos; e teve filhos e filhas.” (Gn 5. 4). É importante observar a ênfase do texto no plural “filhos e filhas”.
A Bíblia normalmente foca suas narrativas nos principais personagens da história ou naqueles que tiveram alguma participação efetiva e importante naquilo que ela quis mostrar. Assim, a narrativa de Gênesis é um resumo e não a totalidade dos fatos. Não encontramos, por exemplo, as *genealogias de todos os filhos e filhas de Adão e Eva, mas somente de Caim e Sete (Gn 4. 17-24; Gn 5. 1-32). Os outros “filhos e filhas” existiram, mas não foram incluídos na narrativa bíblica.



Outra coisa a se considerar é que os filhos e filhas de Adão e Eva foram crescendo e multiplicando-se. Não ficaram estacionados debaixo da “barra-da-saia” de Eva. Eles tinham a missão de cumprir a palavra de Deus dada aos seus pais. “E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a…” (Gn 1. 28)
Observe como Caim, após ter matado seu irmão Abel, fica preocupado em ser encontrado por “alguém” que lhe poderia fazer alguma mal: “Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua presença hei de esconder-me; serei fugitivo e errante pela terra; quem comigo se encontrar me matará.” (Gn 4. 14). Caim demonstra por essa fala que já havia certo número de seus parentes espalhados pela região. E fica receoso de sofrer uma vingança.
Observe também que Deus colocou “um sinal em Caim para que o não ferisse de morte quem quer que o encontrasse.” (Gn 4. 15). Isso demonstra que a terra a essa altura já tinha um bom número de pessoas, todas vindas de Adão e Eva e de seus filhos e filhas. Se não houvesse mais ninguém na terra além de seus pais, por que Caim estaria preocupado e por que Deus colocaria esse sinal nele?
Podemos então inferir: Se Caim poderia encontrar com alguém que o pudesse matar, por que não poderia encontrar-se também com uma mulher que viesse a se casar com ele?
Assim, o texto bíblico nos explica que a mulher de Caim não é uma invenção ou um erro da Bíblia, mas que ela de fato existiu.



Fonte: Esbocando Ideias



Print Friendly and PDF

5 comentários :

  1. Amado...

    A Paz ,
    De fato na verdade , tudo indica que realmente existiu erros , mas eu acredito que de quem a traduziu não seria ? mas o fato que realmente Caim , se casou mas com quem ?

    Abraços Carinhosos

    ResponderExcluir
  2. Torá é o livro sagrado dos judeus (e nós cristão descendenmos do judaísmo). O primeiro homem criado por Deus e Pai da Fé do Judaísmo é Abrão e não Adão. A história do Povo de Deus começa com Abraão e sua saída da terra de UR e a ida para Canaã. Esta parte é Gêneses de 12 ao 50. O Gêneses de 1 ao 11 foi escrito por possíveis sacerdotes exilados junto com o Povo de Deus na Babilônia, no Tempo de Isaias, como inspiração para um Novo recomeço e uma Nova história... Então esta é a verdade de que quando diz que Caim fugiu e casou é realmente reafirmando, que além do Povo de Deus escolhido, também haviam outros povos e outras raças e nações... Vale lembrar que esta é a experiência de Deus (monoteísmo) vivida pelo Judaísmo e não por todos os Povos da Terra e aconteceu pelo menos há quatro mil anos... é uma experiência muito curta comparando a evolução do planeta terra...A história de Caim é bem mais nova do que a história de Abraão.

    ResponderExcluir
  3. Querida Danny
    A Bíblia não contém erros, ela contém histórias (metáforas e parábolas) registradas baseada na experiência de um Povo que, se interpretada fora do contexto, fica parecendo erro. Mas não é. Acontece que o amontoado de livro sagrado que temos hoje como Bíblia Cristã, foi compilada por pessoas que naquele momento em que reuniram escritos judaicos (experiência judaica) e escritos cristãos (experiência das primeiras comunidades), decidiram mudar algumas histórias de lugar. Foi o que aconteceu com o Gêneses: pegaram a parte que estava em Isaias, 600 a.C e colocaram como primeiro. Talvez se ele tivesse ficado no lugar que estava, com o objetivo que tinha, não causasse tanto dilema e má interpretação. Quanto ao nome da mulher de Caim, não havia interesse em ser divulgado, porque o texto quer afirmar outra realidade: a civilização auto suficiente e violente se multiplica através de Caim e de seus filhos, criando uma sociedade hostil e violenta. O versículo 22 do capítulo 4 diz que os descendentes de Caim trabalhavam o ferro e o bronze. Bem, sabemos que a era do ferro e do bronze chega á Babilônia, neste período, e é justamente neste tempo que o Povo está exilado na babilônia, escravizados e forçados a trabalhar. O ferro e o Bronze significam ganância total e, isto é Caim.Um abraço em Cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  4. 1) O post não responde a pergunta: quem foi a mulher com quem Caim casou? No fim das contas, os filhos de Adão e Eva casaram-se uns com os outros e assim foram multiplicando a terra? Ou Deus criou outros povos não citados de onde essa mulher saiu?

    2) Os comentários anteriores são completamente bizarros! Eita povo que viaja nas ideias...

    ResponderExcluir

Ola querido(a)s Leitore(a)s ...Não mais aceitaremos os comentários anônimos..

 
Copyright © 2013 Hospital da Alma | Editado por Marcony Jahel
    Twitter Facebook Google Plus YouTube